Apr19

Viver e trabalhar na Irlanda

Categories // Dublin, Irlanda

Dublin

Estando a viver na Irlanda desde 2012 são muitos os que de alguma forma me pedem informações sobre o que tem sido a minha experiência por esta terra de duendes e potes de ouro na ponta do arco-íris. Espero que esta série de posts possa esclarecer a maioria das vossas dúvidas.

A opção de emigrar para a Irlanda ou outro país qualquer ficará sempre à consideração de cada um, pois cada pessoa tem a sua vida e cada vida tem as suas particularidades, vou tentar ser imparcial e apenas relatar o que eu vejo e sinto ficando-me pelos factos e realidades que conheço.

Eu vivo e trabalho em Dublin, assim sendo e excepto se explicitamente indicado, todas as informações, valores e modos de fazer as coisas são relativas à cidade capital da Irlanda.

Viajar entre Dublin e Portugal

Graças à proliferação das companhias low cost viajar de avião entre a Irlanda e Portugal é neste momento bastante acessível a qualquer carteira e com alguma ginástica é até possível fazê-lo durante todo o ano e várias vezes.

Conheço particularmente bem a rota entre Dublin e o Porto mas existem outras alternativas para quem não vive nestas cidades.

Vejam aqui um post inteiramente dedicado a este tema...

Alojamento

Tal como na maior parte das cidades europeias, alugar uma casa ou apartamento no centro de Dublin é por norma mais caro que alugar na periferia e é óbvio que estar no centro da cidade tem as suas vantagens e desvantagens, portanto penso que a decisão entre "centro vs periferia" terá muito mais a ver com o estilo de vida que se quer do que propriamento o valor das rendas.

Vejam aqui um post inteiramente dedicado a este tema...

Transporte

A Rede de transportes é sem dúvida um ponto forte da cidade.
Autocarros, taxis, metro, comboio, bibicletas, riquexós e até segways Dublin tem de tudo.
Existe um metro de superfície que eles apelidaram de LUAS e um sistema de comboios ligeiros chamado DART que ligam a periferia ao centro da cidade. Também há quem use as LUAS para se deslocar dentro do centro da cidade.

Tem uma frota enorme de autocarros, Dublin Bus, e existem muitos transferes do aeroporto para a cidade. Eu uso sempre e aconselho o AirLink, 6€ uma viagem, 10€ ida e volta. A viagem do aeroporto para a cidade de autocarro demora cerca de 20 minutos de autocarro. O único aeroporto da cidade fica a cerca de 15 km do centro da cidade e é servido por várias autoestradas.

Existe o cartão LEAP que é simplesmente um cartão de títulos de transporte intermodal. É semelhante ao Andante e compensa para quem usa regularmente os transportes públicos.

Finalmente temos as DublinBikes, que eu uso diariamente para ir para o meu trabalho.
A pé demoro 20 minutos. de bicicleta menos de metade e é muito mais fixe :). Eu recomendo vivamente. Aqui toda a gente anda de bicicleta, o rico e o pobre desde o padeiro até ao banqueiro. E é super barato, por 10€ compra-se um passe anual e dá para usar quando e quantas vezes se quiser.

Custo de Vida

Este tema é difícil de abordar pois cada um tem uma opinião diferente baseada na sua própria realidade e tende a tirar conclusões que não refletem necessariamente a realidade para os outros.

Não confundir também o custo de vida com qualidade de vida, que apesar de estar profundamente ligado é um tema diferente.

Em vez de estar aqui a discutir a diferença de preço do litro de leite, do quilo das batatas ou do lombo de porco nos dois países vou-me tentar abstrair de casos particulares e focar-me no aspecto geral.

Vejam aqui um post inteiramente dedicado a este tema...

Povo e Estilo de Vida Irlandês

Pessoalmente acho os Irlandeses um povo afável e que gosta de receber.
Os funcionários públicos que me atenderam eram pessoas simpáticas, as pessoas na rua são amigáveis e o clima em geral é positivo. Não quer dizer que todas as pessoas andam com um sorriso parvo na cara todos os dias mas no geral "nada de mau karma por estes lados"!
Se tivesse de fazer a comparação com o povo Português, atrevia-me a dizer que os Irlandeses, apesar de terem as suas dificuldades, são um povo um pouco mais feliz que nós que e isso nota-se nos pequenos detalhes.

Sagrado para muitos é a visita ao Pub depois do trabalho, tal como na visinha Inglaterra, esta tradição está bastante enraizada no povo Irlandês. Por volta das 17:00 os pubs começam a encher.

Tendo em conta que o clima nem sempre convida a estar fora de casa, os Irlandeses gostam de actividades ao ar livre e de contacto com a natureza e passam muito tempo fora de casa. são comuns os eventos desportivos e a oferta cultural é enorme o que faz com que practicamente todos os fins-de-semana haja algo que mereça ser visto. Isto claro em Dublin, que é a capital do país e é onde a maior parte das coisas acontece, no resto do país a oferta é bem mais escassa mas mesmo assim ainda há muitos eventos locais.

Serviços Públicos

Leeeeentos!!!
Não quero dizer com isto que não funcionam, funcionam mas quando dizem que algo vai demorar 2 semanas, contem com pelo menos com um mês.
Desde a "segurança social" até à banca o cenário é o mesmo. A título de exemplo, quando abri a minha primeira conta bancária cá estive mais de um mês à espera do cartão de débito e do acesso ao HomeBanking... enfim!
Mas com o passar dos anos aprendi que isto é mesmo uma coisa dos Irlandeses, são um bocado... vá vamos dizer "desleixados". O lema "não deixes para amanhã o podes fazer hoje" é interpretado ao contrário por estes lados :)

Meteorologia

Sim, não é mito, aqui chove que se farta, por alguma razão uma das imagens de marca do pais serem as paisagens verdejantes a perder de vista. Mas calma, também não é preciso fazer planos para contruir uma arca de Noé!
O que é mais esquisito por aqui é que no mesmo dia está nevoeiro, sol, chove, está calor e à sombra faz um frio desgraçado, se tivesse de comparar o clima Irlandês seria certamente a uma pizza 4 estações.
Mas os Irlandeses tem um ditado: “Se não gostas do tempo Irlandês, espera 5 minutos.” E acreditem, é verdade.
Uma coisa é certa, se não toleras a chuva (seja lá o que é que isso queira dizer), este não é um país para ti. Para mim foi uma questão de hábito, eu não tive grandes problemas de adaptação ao clima.

Se pensarmos bem, nós e que ficamos mal habituados pois Portugal temos um clima “ameno”, e arranjar melhor é difícil. Como ponto extremamente positivo, as minhas alergias praticamente desapareceram! Sinceramente não me lembro da última vez que comprei um pacote de lenços de papel para me assoar. Certamente terá a ver com o clima ser mais húmido que Portugal.

Salário e Impostos

Este tema é incontornável pois para a maioria das pessoas este representa a principal razão para sair da sua zona de conforto e partir para outro país. Mas depois do bom vem o amargo, os impostos, e nesse campo apesar de o sistema ser simples, está longe de ser meigo para os contribuintes.

Vejam aqui um post inteiramente dedicado a este tema...

Conclusão

Bem, por esta altura e se tiveram a paciência para ler tudo até ao fim, espero que já tenham uma ideia mais clara sobre este país, sobre as suas gentes e sobre como é viver por cá.

Espero ter ajudado a esclarecer algumas dúvidas e receios, e como eu custumo dizer: "Se eu consegui, tu também consegues".

Agora façam as malas e venham cá pelo menos fazer uma visita, a cidade tem toneladas de coisas para ver e fazer e é fantástica no que toca a animação.